O Scouting no futebol de Alto Rendimento

O Scouting no futebol de Alto Rendimento

Nos últimos anos o conceito de Scouting no futebol de alto rendimento ganhou demasiadamente força e, podemos dizer, que a figura do Scouter, hoje, é imprescindível em qualquer comissão técnica profissional.

Este fenômeno foi acompanhado pela chegada de novas tecnologias aplicadas ao esporte, o que criou uma oportunidade e necessidade de extrair e analisar informações detalhadas sobre jogadores ou equipes e ter sob controle fatores de desempenho que nunca poderíamos imaginar.

O que é o Scouting?

O Scouting é o processo que nos permite:

  • Analisar os jogadores e determinar as características para selecioná-los para a nossa equipe
  • Analisar os próprios jogadores da equipe em partidas ou treinamentos para extrair informações de qualquer uma das estruturas do jogador e, assim, melhorar ou aprimorar seu desempenho
  • Analisar a equipe (própria ou adversária) para ter fatores controlados que influenciam o desempenho na competição

Onde está o limite de possibilidades de um Scouter hoje no futebol de alto rendimento?

Não há limites! Conforme a sociedade e a tecnologia evoluem, novas possibilidades e horizontes surgem para trabalhar. É realmente um mundo a ser explorado, onde a sabedoria e a criatividade têm liberdade para agir sobre qualquer fato observável e quantificável / qualificável.

Se fizermos uma revisão dos clubes de futebol profissional hoje, veremos como o departamento de análise é composto por cerca de 2 a 4 pessoas com funções diferentes.

Podemos ver um exemplo claro disso no documentário Los Hombres de Lucho, onde cada um dos profissionais é claro sobre suas tarefas e responsabilidades, e se organizam de acordo com as necessidades semana a semana. Esses profissionais têm milhões e milhões de dados ao seu alcance.

O importante e interessante nisso não é ter volume, mas qualidade. Portanto, seu trabalho será enfocar e selecionar os dados / informações relevantes e úteis para a função que irão desenvolver.

Captura de Tela 2021 06 03 às 12.55.24 O Scouting no futebol de Alto Rendimento MBP

Quais características um Scouter ou Analista profissional deve ter?

Principalmente conhecer o futebol a fundo e sob todos os pontos de vista: técnico, tático, condicional, psicológico, social, etc.

O olheiro deve conhecer perfeitamente a comissão técnica a que pertence, o plantel que tem em mãos, o modelo de jogo que desenvolve e a competição em que se encontra.

É importante que você seja uma pessoa empreendedora, e com experiências e recursos no mundo tecnológico para coletar e ordenar todos os dados de forma informatizada e, sobretudo, que saiba interpretar, analisar e canalizar dita informação para o treinador e jogadores para serem úteis na melhoria do desempenho.

Além disso, será muito importante que essa pessoa tenha boas habilidades de comunicação e depois transmita essa informação às pessoas interessadas.

Não faz muito tempo, no esporte profissional, em que muitas decisões foram tomadas sobre como tratar um jogador do clube, decisões sobre o planejamento de um jogo, o que treinar, quem contratar, etc. com base apenas na experiência, ”no olho”, em sabedoria e opinião pessoal.

A oportunidade que o Scouting nos oferece é basear todos esses tipos de decisões muito relevantes sobre desempenho e competição em uma base objetiva, quantificada, verificada e de qualidade. Os esportes vencem, os profissionais vencem, os amadores vencem.

 

Deixe uma resposta