You are currently viewing O “COMO” DENTRO DO MÉTODO MBP

O “COMO” DENTRO DO MÉTODO MBP

No artigo da semana passada nos concentramos no “porquê” do método MBP, explicando o futebol como um fenômeno complexo, e em como a ciência poderia ajudar o treinador a saber qual conteúdo treinar.

Neste artigo de hoje, vamos nos concentrar no “como” dentro do método, ou seja, a transferência de conteúdos previamente escolhidos para a área de formação por meio de uma metodologia.

O termo metodologia pode ser definido como o método a seguir para atingir o objetivo final, uma vez que permitirá ao treinador garantir a consistência na sua formação, visto que o fato de escolher um método significa aplicar uma base coerente durante o processo de formação.

Por outro lado, o termo metodologia é muito amplo, pois inclui tudo: o que se treina, como se faz, quando se faz e porque se faz assim e não de outra forma. Porém, quando nos referimos à metodologia de treinamento, nos referimos ao que será apresentado durante a aplicação prática, ou seja, como criar experiências que desenvolvam habilidades, atitudes ou comportamentos no jogador.

Este termo está diretamente relacionado com a criação de contextos ideais de aprendizagem, além do uso adequado de ferramentas e uma relação treinador-jogador adequada. Da mesma forma, tem a ver com a metodologia de treino proposta pela MBP, e com a utilização de estratégias didáticas condicionadas, onde o objetivo principal é fazer com que o jogador participe durante o treino e por sua vez, esteja atento às diferentes aprendizagens através de situações que requerem treino da sua própria habilidade técnica e compreensão do jogo para serem resolvidos.

No que diz respeito às estratégias didáticas (ED), o treinador fará uso de dois tipos: o conteúdo a formar, a utilização de ED com características mais analíticas para um tipo de conteúdo, ou mais global para outros tipos de conteúdo, com o objetivo de treinar conteúdos coordenativos ou fundamentos básicos, promovendo a compreensão do jogo.

Por último, mas não menos importante, será o uso dos estilos de ensino a serem usados ​​durante o desenvolvimento da tarefa, como explicamos há algumas semanas neste artigo.

Em conclusão, um dos motivos mais importantes para a criação do “como” dentro do método MBP é a tendência de muitos treinadores cometerem erros devido à não utilização de um método de treino, o que lhes permite seguir um caminho coerente durante o processo de treinamento do jogador. Por isso, na MBP queremos incentivar a utilização de um método por todos os treinadores de forma a garantir a coerência dos seus treinos, contrariando o acaso ou a desordem.

Deixe uma resposta